A terapia da dança

Quem me acompanha já há algum tempo sabe que minha melhor terapia é a escrita.  Porém depois de mudar de cidade, encontrei uma amiga que me mostrou algo novo que me faz muito feliz. Essa nova forma, pelo menos pra mim, é a dança

O que tem me resultado? Resultou que curto bem mais as músicas que já gostava, melhorei mais a minha disposição, e tenho melhorado o meu humor também. Esses três resultados lindo, tem me ajudado muito a passar os dias mais felizes. E sempre estar mais ativa. A dança pode ser uma ótima forma de relaxar e também até de falar. 

Me peguei desanimada para escrever e falar esses dias. E resolvi dançar. Dança agitada, dança calma, músicas que me descreviam, e até músicas que eram apenas pra relaxar. Em outras palavras, quando minhas palavras sumiram, meu corpo começou a falar. E tenho realmente notado grandes mudanças pra melhor! 

O que deixo de lição? 

“Quando as palavras faltarem, DANCE!”

Febre alta

Você é meu maior perigo. O fruto do meu abismo. É como comer só vegetais, e no final se embreagar de um doce. Fique longe de mim. Clipitonita. Seu nome me faz ficar como água de um vulcão. Você esconde o que nunca disse antes, mas não me deixa em paz, como se não respirasse sem minha ajuda. E eu não consigo te deixar… Vem! Vem correndo pra casa. Eu preciso te abraçar de novo. Eu preciso te ver de novo. Como um coração batendo, eu preciso de seu sangue correndo em minhas veias. Quero continuar viva! 

Lembrou minha essência…

E você agora acaba a me incentivar a voltar ao que já foi meu e ao que é seu. Eu vejo suas fotos, em junção daquela definição. Aquela que me atrai e me deixa tão feliz e perplexa. É como um olhar no horizonte. Deixando a desejar. Deixando a desejar… Eu olho pra trás e vejo a minoria. Aqueles que não crescem, não estão comigo quando preciso. Mas que comentam em favor de meu desespero. Eu vivo disso. Eu vivo disso, não sei viver sem mais. Eu preciso disso, algo que dê certa forma me mantém viva. Podem achar que sou ruim ou que não deveria estar contente com minha vida, mas eu estou. Eu amo sim cada centímetro que construi aqui. E mesmo alguns querendo a minha memória, eu enchergo a minha maioria. Eles sorriem, deixam o meu dia feliz. Me animam! E você, me lembrou tudo isso. Do tempo que eu não vivia sem minha essência, mas a fazia de meus passos! 

Último disparo

Eu poderia viver de remedios e de muita dor, mas em vez disso eu escolhi vi era de toda porcentagem do meu coração. Onde ele está repleto de coragem e determinação, felicidade e amor. Eu fico tão feliz de ser como sou e de estar onde estou. O lugar mais difícil ou o pior do mundo não te derruba se você tem o espírito de quem corre atrás do que quer. Tantos maus e piores ocorrem. O problema de tudo isso, é que a pressão é  grande demais pra suportar. E eu corro pra dentro de casa, espero os tiros pararem. Espero mais um pouco. Espero. Espero. Até que eles cesão. Então, eu ponho meu pé pra fora, e sou surpreendida, não tem como se esconder. Não tem como achar outra saida, eles já estão descendo e vindo em minha direção… Então eu escuto um disparo. Tarde demais! Ele já me defendeu. Agora caído no chão eu clamo por ajuda, e choro o que pode ser a última vez que eu vi o rosto do meu amado…

Coisa linda

Leia ouvindo (Tiago Iorc – Coisa linda)

Alguém em sua vida surgir! E você sempre pensa em tudo que se cabe nessa pessoa, em como seriam essas duas pessoas. Poderia dizer que passo o dia pensando em alguém? Poderia. No entanto, minha preocupação vai além. Se alguém, seja em forma amorosa, ou família, amigos, está ao meu lado, eu costumo me preocupar em sua vida por inteiro. Mesmo sem falar, mesmo sem dizer, mesmo sem me intrometer na vida dela. Costumo pensar em muitas coisas dessa pessoa. A forma dela viver é algo que eu vejo que me importo mesmo. Gosto de fazer mudanças na vida de tal pessoa. Mudanças que falo não é que ela tem de parar de ser ela. Mas acho bonito quando inspiro alguém a ponto dela mudar algo. Para muitos o que não importa quase nada, para outros é o que pode deixa-lo feliz. Você é lindo do jeito que é. E não porque tem isso ou aquilo, mas porque como pessoa não merece ser desprezado. Você é lindo do jeito que é! 

Personagens culpados

Não são os personagens dessa história os reais culpados? Fiquei com dificuldade de entender, mesmo sabendo da real maneira que era de se tratar. E eu já havia visto marcas, já havia visto, o que se precisava para que se fizesse a melhor escolha. Essa história só tem fim, se todos sairem. Porém, não se perdoaram, pois precisam estar juntos. Obrigada, mas prefiro continuar pelo caminho certo!

Suficiente

E eu amo tudo que tenho dentro de mim. Por fora, podemos passar por muitas críticas, podemos até ficar tristes. Mas se temos amor próprio, e sabemos o quanto somos preciosos para nós mesmos, não devemos ficar assim para sempre.  Podemos sentir dificuldade no início. Mas sempre podemos recomeçar, ou terminar o que se começou! Nunca esquecer que você é quem faz o seu caminho. E como você se encara, é como outros vão te encarar. No fim de tudo, o que vale é o fato de estar bem consigo mesmo!